PREPARATIVOS PARA NOSSO CASAMENTO NA INGLATERRA



"I, Claudia, take you, Michael, to be my wedded husband. I give you this ring on our wedding day as a symbol of my love for you. I promise to love you, care for you and respect you for the rest of our lives." Eu vou repetir essas palavras durante a cerimônia do meu casamento com o Mike. Não sou noiva de primeira viagem, mas já estou meio nervosa desde agora - ai Deus, espero não ficar emocionada demais e errar alguma frase. 

Com a data se aproximando, eu e o Mike estamos envolvidos com os preparativos finais para a cerimônia, que vai acontecer no belíssimo e histórico St George's Hall, aqui em Liverpool. Imponente, ele abriga hoje alguns serviços públicos municipais - entre eles o cartório geral da cidade, e é super popular popular entre quem vai casar na cidade.
St George's Hall, em Liverpool
Há duas semanas, nos dois fomos até o local para dar entrada na papelada para a cerimônia (aqui chamam de give notice). Tínhamos uma hora marcada e pontualmente uma funcionária do cartório recolheu nossos documentos: certidão original de nascimento do Mike (chamada em inglês de full birth certificate), meu passaporte, certidōes originais de divórcio (a do Mike se chama "Decree Absolute" e a minha teve que ser apresentada com tradução juramentada) e comprovante de residência.  Ela tirou cópias e devolveu os originais.

O St Geoge's Hall oferece dois espaços para a realização de casamentos civis: o The Grand Jury Room (onde vai ser a nossa cerimônia, um lindo salão com capacidade para 70 pessoas) e o Sefton Room. A funcionária nos entregou vários folhetos que explicam absolutamente todos os detalhes da cerimônia: por qual entrada noivos e convidados devem chegar (lembrando que o prédio é imenso); local de estacionamento de carros; o funcionário (chamado de usher) que receberá os noivos; ambientes para fotografias ao ar livre etc. 



Voltamos para casa com um dever de casa: preencher e depois devolver ao cartório um formulário com escolhas pessoais sobre a cerimônia. Explico melhor: o casamento segue um padrão estabelecido - mas que permite pequenas variaçōes, de acordo com o gosto dos noivos. Nós podemos, por exemplo, escolher o texto dos votos da cerimônia e as músicas. No site do cartório há um link com uma lista imensa de sugestōes de músicas. Os noivos podem escolher três: uma para a entrada, outra para a hora da assinatura dos documentos e a última para ser tocada ao final. Existe ainda a possibilidade de leitura de poemas ou versos específicos sobre casamento/amor e a escolha de uma criança da família para entregar as alianças (ele é chamado de ring bearer ) numa almofadinha na hora da troca das mesmas.

É sempre importante lembrar que uma brasileira que more no Brasil, deseje se casar na Inglaterra com um cidadão britânico e morar no país tem que se candidatar, antes de sair do Brasil,  a um visto de noiva. É um processo demorado, que envolve a coleta de dezenas de documentos, mas não há como fugir dele. A noiva recebe o visto no Brasil e, aí sim, pode vir para o Reino Unido se casar. Eu expliquei o passo-a-passo aqui. O visto vale por seis meses e dentro desse prazo o casamento deve ser realizado.

Gostou? Compartilhe:

Um comentário:

  1. Oi. Achei muito interessante o blog e super útil, mas ainda tenho uma dúvida. Depois de obter o visto de noiva e ir ao reino unido para casar... Depois do casamento...em quanto tempo mais ou menos sai o visto de esposa? Assim que o visto de esposa sair já se pode trabalhar? Assim que tiver o visto de noiva já posso casar ou devo esperar algum tempo? Obrigado

    ResponderExcluir